sábado, 9 de junho de 2018

Dia Internacional dos Arquivos. International Archives Day.

O Dia Internacional dos Arquivos é celebrado anualmente em 9 de junho !


O principal objetivo desta data é a promoção e divulgação de causas relativas aos arquivos públicos a nível mundial. Além disso, o Dia Internacional dos Arquivos também busca conscientizar o público sobre a importância dos arquivos para a preservação da memória de uma sociedade.
O Dia Internacional dos Arquivos foi criado durante a Assembleia Geral do CIA – Conselho Internacional dos Arquivos, em novembro de 2007.
A escolha do dia 9 de junho é uma homenagem ao dia em que a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) criou a CIA, em 1948.
Como forma de comemoração, o Arquivo Nacional, localizado na cidade do Rio de Janeiro, faz exposições e apresentações ao público, além de conscientizar as pessoas sobre o papel deste órgão para o funcionamento e desenvolvimento da nossa sociedade.
Igualmente, os estados brasileiros possuem arquivos especializados para a guarda da documentação produzida pelos seus governos.

Dia Internacional dos Arquivos

Arquivo Nacional:

O Arquivo Nacional foi criado em 2 de janeiro de 1838, no período regencial e tinha como objetivo guardar toda a documentação produzida pelo Estado.
Assim, podemos encontrar ali o original da Lei Áurea e o registro de entrada dos imigrantes que chegaram ao Brasil. Da mesma forma guarda fotografias, mapas, acervo sonoro e películas.
Com a proclamação da República, continuou com a cumprir com sua função e lá podemos encontrar vários documentos sobre a Ditadura Militar como aqueles relativos à censura aos meios de comunicação.
Outras importantes instituições que guardam documentos no Brasil são a Biblioteca Nacional (RJ), o Museu Imperial, em Petrópolis/RJ e a Cinemateca Brasileira (SP).





Dia Nacional de Anchieta. National Day of Anchieta.

Boa noite ovelhinhas !

O Dia Nacional de Anchieta é comemorado em 9 de junho.

Essa data comemorativa é uma homenagem a figura histórica de José de Anchieta (1534 – 1597), padre jesuíta, natural das ilhas Canárias. José de Anchieta chegou ao Brasil em 1553 com a missão de catequizar os povos indígenas, de acordo com os princípios do catolicismo.
Dirigiu-se a Capitania de São Vicente e ali atuou como catequista, defendia os indígenas dos abusos dos colonos e servia como intermediador nos conflitos que surgiam.
José de Anchieta (1534 – 1597) foi um dos fundadores da cidade São Paulo e declarado beato pelo Papa João Paulo II, em 1980. De acordo com a Igreja Católica, padre Anchieta também é considerado o Apóstolo do Brasil.
Como herança, Anchieta nos deixou inúmeras obras dentre as quais se destacam a “Gramática da Língua Brasília” e o primeiro “Vocabulário Tupi Guarani”, livros especializados no idioma dos indígenas que habitavam o Brasil durante o período da colonização portuguesa. Além disso, escreveu poemas, crônicas sobre a vida colonial e peças de teatro.
Em 2014 foi canonizado santo pelo Papa Francisco e no ano seguinte, declaro co-padroeiro do Brasil, junto a Nossa Senhora Aparecida e São Pedro de Alcântara.

Dia Nacional de Anchieta

Origem do Dia Nacional de Anchieta

O Dia Nacional de Anchieta é celebrado em 9 de junho em homenagem a data de morte do padre. Oficialmente, a data foi instituída no país através da lei nº 5.196, de 24 de dezembro de 1966.
José de Anchieta morreu na cidade de Reritiba (atual Anchieta), na então capitania do Espírito Santo, em 1597.

Frases de São José de Anchieta:

  • "Depois de tudo criado por conto, peso e medida, disse Deus: "Seja formado o homem, como treslado de nossa imagem subida"."
  • "Todas as vezes que injurias e queres mal a teu próximo, injurias e queres mal a Deus, que é seu irmão."
  • "É certo que a soberba, com seus afãs, só compra o inferno e com pouco trabalho o humilde compra o céu."

Oração a São José de Anchieta:

São José de Anchieta / Apóstolo do Brasil / Poeta da Virgem Maria / Intercede por nós, hoje e sempre.
Dá-nos a disponibilidade de servir a Jesus / Como tu o serviste nos mais pobres e necessitados / Protege-nos de todos os males do corpo e da alma / E, se for vontade de Deus / Alcança-nos a graça que agora te pedimos (pede-se a graça).

São José de Anchieta, Rogai por nós!
Pai Nosso, Ave Maria, Glória.