domingo, 3 de março de 2019

É possível ter uma alimentação saudável com pouco dinheiro? Is it possible to have healthy eating with little money?

Bom dia ovelhinhas !

Tenha uma alimentação saudável e rica em nutrientes

Em tempos de crise, de inflação, quando os preços dos alimentos estão cada vez mais caros, você pode responder que não é possível ter uma alimentação saudável; e talvez você pense que é preciso comer coisas light, diet e tantas coisas que hoje a indústria de alimentos nos oferecem.
Uma alimentação saudável deve ser variada, deve incluir frutas, verduras, legumes, carboidratos, proteínas, gorduras e açúcares essenciais.
 Afinal, cada grupo de alimentos é responsável por uma função em nosso organismo; assim, deve ser incluído em determinadas proporções em nossa alimentação diária.

É possível ter uma alimentação saudável com pouco dinheiro 
Foto: Arquivo CN/cancaonova.com

Dicas de uma alimentação saudável

Alimentar-se bem e ter uma vida saudável não precisa custar caro.
Seguem algumas dicas:
– Ter um cardápio semanal, conferir o que tem na dispensa e fazer uma lista para comprar o que realmente precisa;
– Escolher frutas, legumes e verduras da estação, pois são mais nutritivas e os preços são mais em conta.
Esses alimentos são ricos em vitaminas, nutrientes e fibras, os quais ajudam no bom funcionamento do nosso organismo.
 Em vez de comprar em supermercados, compre na feira, pois além de ser mais barato, também são mais frescos;
– Fazer trocas, substituir alimentos pobres em nutrientes por alimentos saudáveis.
Por exemplo: substituir doces, guloseimas e sucos industrializados por frutas; embutidos e industrializados por alimentos mais naturais.
 Substituir marcas, ver que existem marcas mais baratas e com qualidade.
A carne teve uma elevação no preço, então, frangos e ovos são as opções mais usadas.
Vale a pena prestar atenção no modo de preparo: prefira cozido, grelhado ou assado; o ovo cozido, uma omelete com legumes ou pochê feito na água.
Em algumas regiões, o peixe fica mais em conta que a carne, e é uma boa opção.

– Aproveitar melhor os alimentos.
 Muitas vezes, jogamos no lixo as partes mais nutritivas como cascas, talos e folhas. Aqui, entra a criatividade para aprender novas receitas para poder aproveitar os nutrientes e economiz
ar, pois evita o desperdício;
– Comprar alimentos que você sabe fazer e que terá tempo para prepará-lo.
Muitas vezes, acontece de comprarmos coisas que exigem mais;
– Ficar atento à conservação dos alimentos.
Por exemplo: as folhas precisam ser bem lavadas, secas e armazenadas em um pote com papel toalha dentro da geladeira.

Alimentos naturais e saudáveis

Uma coisa importante para os tempos de crise é tirar de nossa cabeça que não dá para comer bem com pouco dinheiro, pois nossa tendência é pegar o alimento mais fácil de ser preparado, mais barato, muitas vezes mais “saboroso”, no entanto, mais pobre naquilo que nosso corpo precisa para ser nutrido.
O desafio é que, na próxima compra, deixe de lado as guloseimas, os alimentos ricos em gorduras, o sódio e o açúcar.
Aposte nos alimentos mais naturais e saudáveis, você vai ver a diferença em sua vida e na vida dos seus.

1. Pequeno -almoço saudável 

 – Esta é a refeição mais importante do dia e deve evitar começar o dia logo com açúcares. Optar pelo pequeno -almoço em casa permite-lhe não só poupar, mas também comer melhor.

2. Optar por frutas e legumes da época 

  – As frutas e os legumes são essenciais numa dieta alimentar saudável. Além de serem ricas em nutrientes são pobres em calorias, podendo ser facilmente cozinhadas de várias maneiras. Opte pelos legumes da época e se sentir que não necessita de utilizar a quantidade toda congele e depois poderá utilizar, por exemplo, para preparar sopas.

3. Opte pela água 

– O nosso corpo é constituído, maioritariamente, por água e esta é um bem essencial. 
Idealmente deverá beber, pelo menos, 1,5l de água por dia. 
Quer às refeições, ou fora delas, deve procurar privilegiar a água em vez de refrigerantes.
 Além de serem mais caros, têm demasiado açúcar, o que não é muito recomendável para quem pretende ter uma alimentação saudável. 

4. Levar comida para o trabalho

  – São cada vez mais as pessoas que levam comida de casa para o seu local de trabalho. Além de se comer melhor, e de se saber o que se come, poupa-se bastante dinheiro. 


5. Fazer um menu semanal

  – Na correria do dia -a -dia nem sempre temos imaginação para o que cozinhar e acabamos por fazer sempre os mesmos pratos, deixando alguns ingredientes ficar no fundo da despensa. A melhor forma de se organizar é fazer um menu semanal. 



Boa Forma

    

 

  Wrap de couve

  • Dificuldade Fácil
  • Preparo Rápido (até 30 minutos)
  • Rendimento 1 porção
 
Ingredientes
  • 1 folha de couve pequena orgânica
  • 1/2 lata de atum ao natural
  • 2 colheres (sopa) de requeijão light (ou queijo quark)
  • 1/2 unidade de cenoura ralada
  • • cebola a gosto
  • alho a gosto
  • • manjericão a gosto
  • • açafrão-da-terra (ou cúrcuma) a gosto
Modo de preparo
Mergulhe a couve rapidamente na água bem quente.
 Coloque a folha em um prato e reserve.
Para o recheio, escorra bem o líquido do atum e misture o requeijão (ou queijo quark), a cenoura e os temperos.
Coloque a pasta sobre a couve e enrole o wrap.